Organismos Públicos

A maior parte da investigação que se realiza em Portugal é apoiada, directa ou indirectamente pelo Estado. Por isso, numerosos organismos públicos possuem informação relevante sobre investigação. O primeiro e principal desses organismos é o Ministério da Ciência e Tecnologia. Infelizmente nem sempre é fácil o acesso a informação do Estado. Mas a Internet está a alterar radicalmente esta situação. Aconselhamos, em primeiro lugar a consulta das páginas da Internet destes organismos públicos, pois lá se encontra bastante informação.

Ministério da Ciência, Inovação e Ensino Superior (MCIES)

Gabinete da Ministra, Palácio das Laranjeiras Estrada das Laranjeiras, 197-205 1649-018 Lisboa, Tel. 217 231 000, Fax 217 231 160, mces@mces.gov.pt , http://www.mces.pt/ . Ministério responsável pela coordenação e financiamento dos centros e actividades de investigação e divulgação científica. Dependem deste Ministério os seguintes organismos:

Academia das Ciências de Lisboa

R. da Academia das Ciências, 19 - 1º 1200 Lisboa, Tel. 213219730, Fax 213420395. Inclui o Museu Mainense (encerrado) e uma biblioteca. Res- ponsável: José Pina Martins.

Agência de Inovação.

Edifício Green Park, Av. dos Combatentes, 43A, 10º C, 1600 Lisboa, Tel. 217270228, Fax 217271733, webmaster@adi.pt , http://www.adi.pt/ . Visa es- tabelecer e coordenar medidas de interface entre a indústria e a investigação.

Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT)

Av. D. Carlos I - 126, 1200 Lisboa, Tel. 213924300, Fax 213907481, webmaster@fct.mces.pt , http://www.fct.mces.pt/ . É a principal instituição a financiar e promover a investigação científica. Concede bolsas de estu- do para iniciação à investigação e pós-graduação (mestrados, doutoramentos e pós doutoramentos). Tem programas de apoio a unidades de investigação científica e organiza concursos de projectos de investigação. Veja a página da Internet onde encontra anúncios de prémios, concursos e emprego.

O MCES  tem apoiado a Agência “Ciência Viva” para a Cultura |Científica, um organismo não governamental:

Agência Ciência Viva

Ed. Green Park, Av. dos Combatentes, 43A, 10º B, 1600-042 Lisboa, Tel. 217270228, Fax 217220265, ciencia@ucv.mct.pt, http://www.ucv.mct.pt/. Promove e apoia várias actividades de divulgação da ciência sobretudo entre os jovens. Esta agência tem sido responsável pelas seguintes iniciativas:

Centros Ciência Viva

São centros, em vários pontos do país destinados à aprendizagem informal das ciências. O primeiro destes centros foi o Centro “Ciência Viva”, na Marina de Faro, que abriu em 1997 (ver http://www.ccvalg.pt/). Seguiram-se acordos com o Planetário do Porto, o Exploratório Infante D. Henrique em Coimbra, e o Visionarium de Vila da Feira. Está prevista a abertura de outros centros.

Ciência Viva nas Férias

Promove a ocupação de jovens em laboratórios  e institutos durante o período de férias (Instituto Tecnologia e Química e Bioquímica, Instituto Tecnológico Nuclear, IPATIMUP, etc.). Promove ainda os programas "Astronomia no Verão" e "Geologia no Verão" que fomenta a observação astronómica e a visita por todo o país a sítios de interesse geológico.

Programa Ciência Viva

Apoia projectos ligados ao ensino experimental das ciências nas escolas básicas e secundárias. Organismos, públicos ou privados, podem apresentar projectos até Setembro de cada ano, para financiamento no ano seguinte. Organiza o Forum Ciência Viva, onde são exibidos os vários projectos. Apoia ainda a geminação de escolas e instituições científicas.

Programa de divulgação da ciência e tecnologia

Organiza e promove actividades de divulgação, como colóquios e conferências, exposições de ciência e tecnologia e festivais de filme científico.


Ministério da Educação.

Av. 5 de Outubro 107, 1050 Lisboa. Tel. 217931603, Fax 217964119, http://www.min-edu.pt/ . Dependem deste ministério os seguintes departamentos:

Departamento de Avaliação, Prospectiva e Planeamento

(DAPP), Av. 24 de Julho, 134, 1350 Lisboa. Tel.; 213913000. Fax 213957610, http://www.dapp.min-edu.pt. Coordena vários programas de apoio às actividades educativas (so- bretudo ensino básico e secundário). Tem página da Internet com alguns recursos educacionais.  O departamento gere as seguintes iniciativas:

Programa Nónio - Século XXI

Avª. 24 de Julho, 134, 1350 Lisboa, Tel. 213949200, Fax 213957610, nonio@dapp.min-edu.pt , http://www.dapp.min-edu.pt/nonio/ . Programa relativo a tecnologias de informa- ção e de comunicação em educação: visa apoiar a introdução das tecnologias da informação no ensino; para isso, promove concursos de software educativo e apoia a criação e o alojamento de “homepages” das escolas.

Centro de Recursos, Edição e Divulgação

Dispõe de recursos úteis para o ensino, como livros, software e vídeos.


Secretaria de Estado da Juventude / Instituto Português da Juventude (IPJ).

Av. da Liberdade 194, 1000 Lisboa. Tel. 213151955, http://juventude.gov.pt/portal/. Os Centros da Juventude estão dispersos por muitass cidades e são pontos de referência para obter informações sobre actividades e concursos  de carácter científico (nomeadamente o "Concurso Europeu para Jovens Cientistas"). Consulte as Delegações Regionais do IPJ ou a página da Internet indicada para informações mais detalhadas.

Centro de Informação da Juventude

Fornece informações sobre formação profissional, associativismo, tempos livres, intercâmbio cultural.

Programa “Inforjovem”

Programa com o objectivo de fazer chegar aos jovens as novas tecnologias da informação, proporcionando formação nessa área. Para mais informações contactar a Fundação para a Divulgação das Tecnologias de Informação, Av. da Liberdade, 194, 8º - 1250 Lisboa, Tel. 213522371, Fax 213522399, fdti@mail.telepac.pt.