3.4 Apreciação e perspectivas

A página READ Ciências apareceu na Internet no início de 1996. Olhando em retrospectiva, lembro-me de uma página cinzenta e com poucos pontos de interesse. Na altura era constituída por alguns links para páginas de interesse para o ensino das ciências e algumas colecções de livros de divulgação científica. Para se ter uma ideia da evolução da Internet e da evolução paralela da nossa página note-se que, no início, as páginas eram feitas sem os modernos editores de HTML, e um dos browsers mais usados era o Mosaic. Hoje são poucos os que fazem as páginas escrevendo os códigos (se bem que por vezes seja útil conhecê-los!) e o Mosaic já faz parte da história da Internet. A Internet desenvolveu-se a um ritmo alucinante e a nossa página procurou acompanhar esse desenvolvimento.

As diferenças da página actual em relação à página original são bastantes profundas. No início, tinha reduzidas possibilidades de interacção com as pessoas que nos visitavam. Com o decorrer dos tempos foi-se tornando mais interactiva, oferecendo a possibilidade das pessoas poderem contribuirem para ela, de uma forma simples e expedita. Um factor importante que contribuiu para um melhor e mais rápido desenvolvimento desta página foi, sem dúvida, o conjunto de mensagens de apoio e de sugestões que nos foram chegando. Tratam-se de mensagens de pessoas em geral desconhecidas e por vezes sem qualquer ligação com o ensino ou com as ciências. A página reflecte algumas das sugestões recebidas, tanto a nível de conteúdos como de aspecto gráfico.

Os conteúdos cresceram significativamente. Se bem que quantidade nunca seja sinónimo de qualidade, existem actualmente mais ou menos 10 Megabytes de informação produzida ou tratada por nós.

Criámos esta página para professores, alunos e para todos aqueles que gostam de ciência. Temos consciência de que quem nos visita não encontra tudo o que pretende, mas sabemos que encontra certamente "muitas e boas ligações a fontes do saber". Ela é, acima de tudo, um centro de recursos por onde os professores podem começar a procurar a informação que necessitam para as suas aulas e onde os alunos podem satisfazer alguma da sua curiosidade. Professores e alunos também lá podem encontrar algumas ideias para criarem nas escolas os seus próprios documentos, como, por exemplo, o documento em hipertexto sobre o espectro electromagnético. Parece um sonho viável uma comunidade de professores e alunos, espalhados por todo o país, que utilizam a Internet quotidianamente para divulgarem, sugerirem, aconselharem, colaborarem, e tudo o mais que acharem útil.

Quanto à estrutura da página sabemos que quem nos "visita" quer encontrar não só uma página agradável mas também de fácil e rápido acesso, pelo que tentámos corresponder a essas expectativas. Assim organizámo-la com o objectivo de facilitar o mais possível a sua consulta.

Alguns passos começam a ser dados em direcção ao uso corrente das novas tecnologias nas nossas escolas. Com o READ Ciências procurámos contribuir para esse objectivo. Estamos cientes de que falta bastante até que as escolas façam pleno uso dos modernos meios de comunicação. O nosso trabalho servirá talvez para sacudir alguma apatia reinante, ajudando a renascer em alguns e a despertar noutros a ideia de que o ensino e a divulgação das ciências valem a pena.

Queremos que a página continue a desenvolver-se. Para isso, vamos alargar o campo de divulgação a outras ciências: concentrámo-nos na Física e na Química mas procuraremos incluir também a Matemática, a Biologia e a Geologia de uma maneira mais equilibrada. A ligação entre as várias disciplinas esteve e está sempre na nossa mente.

A nossa sub-página dos livros de divulgação científica está bastante completa e procuraremos que o mesmo venha a acontecer em relação ao software e aos vídeos. Incluímos um "botão" logo à entrada com a indicação de "Novidades", que dá acesso a novos recursos catalogados. Aqueles que nos visitam repetidamente podem assim ficar logo a saber, por exemplo, quais foram os últimos livros incluídos. As editoras nacionais foram convidadas a participar neste projecto, enviando-nos os catálogos e livros novos que entendessem. Recebemos com agrado a participação no projecto de algumas delas (Gradiva, Publicações Europa-América, Plátano, Relógio de Água, Presença, Instituto da Conservação da Natureza, Edições 70, Publicações Dom Quixote, etc.). As capas dos livros recebidos são digitalizadas de forma a enriquecer a base de dados. Sempre que acharmos oportuno, faremos comentários e recensões aos livros que recebermos. Esta componente de valorização crítica dos recursos apresentados será cada vez mais reforçada.

Queremos também que as pessoas que nos visitem participem mais activamente, dando opiniões sobre os livros, software, vídeos, páginas da Internet, etc. Para isso vamos criar um espaço onde as pessoas possam ler os comentários de outras pessoas, sentindo-se encorajadas a enviar os seus. Para divulgar a página junto de quem ainda não usa a Internet preparámos prospectos que enviámos a todas as escolas do país. Para os utilizadores da Internet, a página está anunciada no SAPO (Servidor de Apontadores Portugueses) e no AEIOU, onde tem destaque. Será incluída noutros serviços de índice.

Finalmente, estamos a produzir um CD-ROM, para colocar em todas as escolas portuguesas, com os conteúdos do READ Ciências e outros. O projecto chama-se Omniciência e tem o apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia. Usando este CD-ROM, as escolas não precisam de usar a sua ligação à Internet para acederem aos conteúdos da nossa página. Mas será possível aceder a informações on-line que complementam as informações de acesso local. O CD-ROM Omniciência deverá ser actualizado todos os anos.

Índice da tese ---- Página principal do Read Ciências