Paracelsus é o nome vulgar do suiço Filipe Aurélio Teofrasto Bombastus von Hohenheim que nasceu em Zurique em 1493 e morreu em Salzburgo em 1541.

A sua educação, fortemente orientada por seu pai, incidiu preferencialmente no estudo da Medicina tendo-se contudo norteado por conceitos originais no domínio da Química.

Um dos princípios em que se inspirou foi o do "arqueu", uma espécie de calórico, fogo residente no centro da Terra regendo a vegetação, a metalificação, etc.

Para Paracelsus e von Helmont o "arqueu" era o princípio vital e participante da matéria e do pensamento, que explicaria o desenvolvimento dos seres vivos.