Berzelius, químico sueco, nasceu a 20 ou 29 de Agosto de 1779, em Linkoping, e morreu a 7 de Agosto de 1848, em Estocolmo. É considerado um dos fundadores da Química moderna.

Formou-se em Medicina em Upsala sendo depois professor em Estocolmo. Em 1822 ingressou no Instituto de França ocupando-se com a classificação dos minerais segundo a respectiva composição química. Os seus estudos de electrólise levaram-no à concepção basilar da teoria electroquímica. Determinou os pesos atómicos de cerca de 43 elementos. Isolou o cálcio, o bário, o estrôncio, o silício, o titânio, o zircónio, e descobriu o selénio, o tório e o césio. Reconheceu a existência de isómeros (em Química orgânica) e descobriu o fenómeno da catálise (nome que introduziu no vocabulário químico).