William Ramsay nasceu em Glasgow a 2 de Outubro de 1852, onde iniciou os estudos de química. Faleceu em High Wycombe a 23 de Julho de 1916.

Em 1872 encetou uma carreira de ensino e investigação, no Laboratório Young. Os seus trabalhos iniciais relacionaram-se com o estudo de um novo mineral de bismuto. No entanto, solicitado por Rayleigh, iniciou trabalhos no sentido de encontrar uma explicação para as diferenças de densidade entre o azoto atmosférico e o obtido no laboratório, o que conduziu à identificação do árgon (1894). Recebeu a medalha Davy da Royal Society (1895).

A procura de outras fontes de árgon em minérios permitiu-lhe a descoberta do hélio. Identificou, mais tarde, a presença de outros gases raros nos resíduos da destilação do ar líquido. Ramsay interessou-se também pelo estudo de substâncias radioactivas, relacionando o hélio com a desintegração alfa, vindo a identificar o rádon como o último dos gases inertes. Recebeu o Prémio Nobel da Química em 1904.