Físico britânico nascido em Manchester em 1856 e falecido em Cambridge em 1940.

Formou-se em Cambridge em 1884, onde foi professor de Física Experimental e director do Laboratório Cavendish até se jubilar em 1919. Mediu pela primeira vez a carga específica do electrão (1897) e mostrou que o efeito termiónico é devido a electrões. Pela acção de campos eléctricos e magnéticos sobre um feixe de iões de néon, verificou em 1913 a existência de isótopos em elementos não radioactivos, descobrindo o "método das parábolas". Foi-lhe atribuído o Prémio Nobel da Física em 1906 por investigações teóricas e experimentais sobre a passagem da electricidade através dos gases.