Cientista natural de Budapeste, Hungria, naturalizado sueco. Hevesy faleceu em Friburgo em 1966.

Estudou em Budapeste, Berlim e Friburgo, tendo ensinado em Budapeste, Copenhaga, Friburgo, Estados Unidos e Estocolmo. Com o holandês D. Coster iniciou as investigações que levaram à descoberta, em 1922, do háfnio. Estudou os seus compostos bem como os elementos que formam as chamadas "terras raras". Dedicou-se também à bioquímica e, sobretudo, à radioactividade. Pelos seus trabalhos sobre os isótopos como reveladores das propriedades químicas das substâncias foi-lhe concedido o Prémio Nobel da Química em 1943.