Químico americano nascido em Weymouth, Massachusetts, a 23 de Outubro de 1875 e falecido em Berkeley, Califórnia, a 24 de Março de 1946.

Estudou na Universidade de Harvard e mais tarde em Leipzig e Goettingen tendo dirigido o gabinete de pesos e medidas no Laboratório Governamental das Ilhas Filipinas (1904-1905). De 1907 a 1912 foi professor de Físico-química no Instituto de Tecnologia de Massachusetts. Em 1912 mudou-se para a Universidade da Califórnia, em Berkeley, onde foi professor de Química e reitor até à sua morte.

Lewis é conhecido pelo seu trabalho em termodinâmica, pela formulação da teoria de Lewis para ácidos e bases, e pelo desenvolvimento da teoria de valência em reacções químicas. Em 1916 Lewis propôs que a ligação entre dois electrões seria a base de uma ligação de valência, uma ideia desenvolvida por Irving Langmuir e que permanece como a base de teorias modernas de valência. Lewis foi condecorado com a medalha Davy da Royal Society, a medalha de Arrhenius da Swedish Academy, e as medalhas Gibbs e Richards. De salientar ainda que Lewis foi um dos primeiros estrangeiros eleitos para a Academia de Ciências da ex-União Soviética.