Hidrogénio: Isótopos


Trítio

O trítio é o mais pesado dos três isótopos do hidrogénio, possuindo um núcleo com dois neutrões além do protão característico deste elemento. O trítio não ocorre naturalmente na Terra, uma vez que é radioactivo com meia vida de 12,3 anos, mas forma-se em torno do Sol e provavelmente no espaço exterior, resultando do bombardeamento de matéria interestelar pelos raios cósmicos.

Este isótopo pode ser produzido pelo bombardeamento nuclear de deutério com outras espécies de hidrogénio, ou pela reacção de neutrões térmicos com lítio-6 em reactores nucleares. É fornecido comercialmente em soluções.

É principalmente usado como substituto do hidrogénio vulgar em reacções, de modo a estudar os seus mecanismos, ou para identificar e analisar produtos. Esta substituição torna os compostos radioactivos (e mais pesados) facilitando a monitorização da sua presença e concentração, por intermédio de detectores de radiação.