Lítio


Acção Biológica

O lítio é tido como o metal alcalino mais tóxico. Contudo, os seus efeitos podem ser desprezados não havendo nenhum risco importante para a saúde humana. Deve evitar-se a ingestão excessiva de compostos de lítio pois estes podem causar abatimentos nervosos e tonturas. Por vezes era recomendada a ingestão de cloreto de lítio, em certas dietas para substituir o tradicional cloreto de sódio, no entanto, na maior parte dos casos, pode dar origem a tonturas, distúrbios visuais, tremuras ou confusão mental. Desde que se verificaram estes sintomas, é desaconselhada a ingestão deste composto, apesar de não ser cumulativo. No entanto, compostos de lítio, em doses apropriadas, são utilizados no tratamento de doenças maníaco-depressivas.

O lítio não é considerado um elemento indispensável no crescimento das plantas e não há indicação de que desempenhe um papel importante na biologia animal. Os efeitos adversos mencionados devem-se provavelmente aos distúrbios causados pelo lítio no equilíbrio de sódio-potássio-cálcio das células vivas.