Berílio


Janelas para aparelhos de Raio X
Engrenagens (para relógios)
Ferramentas anti-faíscas

Aplicações

Duas coisas que tornam o metal berilio único são as suas características nucleares e a sua elevada rigidez. Exemplos de aplicações que exploram estas propriedades são os escudos de calor, partes de sistemas de orientação, giroscópios, plataformas estáveis e acelerómetros e espelhos (neste caso o berílio é usado como substracto fixo para uma superfície altamente polida). Utilizações mais sofisticadas incluem placas de fuselagem para a cápsula usada no programa Gemini, os anéis de ligações entre andares do míssil Minuteman e painéis de protecção para o foguetão Agena. Uma das forças motrizes da produção industrial de berílio tem sido precisamente as aplicações aeroespaciais.

O óxido é único entre os materiais cerâmicos, uma vez que combina uma extremamente elevada resistividade eléctrica e constante dieléctrica com uma alta condutividade térmica. A transparência do berílio aos raios X torna-o num material útil para janelas de detectores de radiação.

As propriedades nucleares do óxido de berílio, combinadas com o seu elevado ponto de fusão (acima de 2500 ºC), permite o seu uso em sistemas de reactores de alta temperatura onde o metal se poderia deformar ou derreter. A liga de cobre-berílio tem uma dureza particularmente elevada e uma grande elasticidade.