Oxigénio


Acção Biológica

O oxigénio tem um papel vital nos processos de respiração e metabolismo dos organismos vivos. Provavelmente, as únicas células vivas que não precisam de oxigénio são algumas bactérias anaeróbicas que obtêm energia por outros processos metabólicos.

No Homem, o oxigénio é absorvido para a corrente sanguínea nos pulmões, sendo então transportado até às células onde ocorre um intrincado processo de troca. Os compostos nutrientes, dentro da célula, são oxidados por intermédio de processos enzimáticos complexos. Esta oxidação intracelular é a fonte de energia da maior parte dos animais, principalmente dos mamíferos. Os produtos finais são dióxido de carbono e água, que são eliminados pelo corpo através dos pulmões.

O oxigénio é útil para o tratamento de pneumonias, enfisemas, alguns distúrbios cardíacos, e um sem número de outras doenças. Recorre-se por vezes a câmaras hiperbáricas de oxigénio para tratar vítimas de envenenamento por monóxido de carbono, ou de bactérias anaeróbicas no sistema respiratório. O oxigénio pode potenciar os efeitos da radiação nas células cancerosas, pelo que este tratamento se deve fazer em câmaras hiperbáricas de oxigénio. A utilização de ambientes extremamente ricos em oxigénio potencia o risco de incêndio, pelo que devem ser tomadas rigorosas precauções.