Silício


Componentes electrónicos, células solares
Ferramentas
Vidro, quartzo, cimento
Azeites e gorduras de silicionas

Aplicações

O silício elementar é utilizado na preparação de silicionas, na produção de ligas metálicas com o ferro, o alumínio, o cobre e o manganésio ou como agente redutor na manufactura do aço. A liga de ferro-silício é produzida pela redução simultânea de óxido de ferro e sílica com carbono, a altas temperaturas numa fornalha eléctrica, encontrando posterior aplicação como agente redutor na produção de magnésio e crómio. A inclusão de uma pequena percentagem de silício em ligas de alumínio (cerca de 14 %) aumenta a sua consistência e a sua resistência à corrosão provocada pela água salgada.

Quando se procede à dopagem de um monocristal de silicio elementar puro com pequenas quantidades de outros elementos, como o boro ou o fósforo, obtêm-se substâncias com propriedades eléctricas singulares - os semicondutores. Estas substâncias encontram uma miríade de aplicações na tecnologia actual, pois é com base nos semicondutores que se inventaram dispositivos como os transístores ou os díodos, que constituem a base de qualquer circuito electrónico digital. Os semicondutores podem também ser usados em rectificadores de potência ou em células solares.