Arsénico


Cartuchos para caça
Metal para espelhos
Vidro, laser
Díodos emissores de luz
Medicamentos

Aplicações

Devido às suas propriedades semimetálicas, o arsénico é utilizado em metalurgia como um metal aditivo. A adição de cerca de 2% de arsénico ao chumbo permite melhorar a sua esfericidade, enquanto 3% de arsénico numa liga à base de chumbo melhora as propriedades mecânicas e optimiza o seu comportamento a elevadas temperaturas. Pode também ser adicionado em pequenas quantidades às grelhas de chumbo das baterias para aumentar a sua rigidez.

Em pequenas parcelas, o arsénico aumenta a resistência à corrosão e eleva a temperatura de recristalização do cobre. Em quantidades de 0,15% a 0,5% aperfeiçoa as propriedades do cobre a temperaturas elevadas.

O arsénico, quando muito puro, é utilizado na tecnologia de semicondutores, para preparar arseneto de gálio. Este composto utiliza-se no fabrico de diodos, LEDs, transistores e lasers. O arseneto de índio usa-se em detectores de infravermelho e em aplicações de efeito de Hall. O arsénio pode também ser usado em pequenas quantidades como dopante de germânio ou silício.