Rubídio


Acção Biológica

Existem evidências de um certo grau de toxicidade do rubídio para os seres humanos. De acordo com experiências realizadas em animais, a inclusão do elemento na dieta, pode provocar sintomas de hiperirritabilidade neuromuscular e deficiências reprodutivas. Em casos extremos provoca espasmos musculares violentos ou mesmo a morte. Por contacto, o rubídio metálico provoca sérias queimaduras cutâneas, ao passo que grande parte dos seus compostos se limitam a irritar a pele. Os compostos de rubídio mais tóxicos são o fluoreto, o hidróxido e o cianeto.