Estanho


Acção Biológica

Apenas um pequena percentagem de estanho passa para os alimentos nos recipientes feitos com este elemento. O máximo permitido nos alimentos é cerca de 300 mg por quilograma apesar de concentrações mais elevadas não serem, em geral, prejudiciais. Pode considerar-se o estanho como um elemento não tóxico. No entanto o composto trialquilo tem propriedades tóxicas devendo o seu manuseamento ser feito com bastante cuidado.