Xénon


O xénon foi o último gás raro a ser descoberto. Na sequência de vários estudos efectuados por William Ramsay e M. W. Travers, em 1898, e como resultado da purificação de krípton por destilação fraccionada, foi obtido um gás extremamente denso que os dois cientistas não conseguiram identificar. A análise espectroscópica desse gás revelou que se tratava de um novo elemento a que foi chamada xénon. Este nome deriva da palavra grega xenon que significa "estranho".