Lantânio


Ocorrência

As terras raras nunca são extraídas isoladamente, uma vez que formam compostos inorgânicos complexos. O lantânio é relativamente abundante na crusta terrestre, estimando-se existirem cerca de 18 gramas do elemento por tonelada.

Os minérios que contêm lantânio são a monazite, a bastnasite, a alanite e a cerite. A monazite é um fosfato de tório-terras raras encontrando-se os seus principais depósitos na Índia, EUA, Brasil, África do Sul e Austrália. A bastnasite é um fluorocarbonato de terras raras, e pode conter cerca de 40 % de lantânio. Os principais depósitos deste minério situam-se na Califórnia e no Novo México. A alanite e a cerite são silicatos de vários elementos, entre os quais o lantânio. Os depósitos de cerite mais importantes situam-se na Suécia.