Neodímio


Ocorrência

A série dos lantanídeos encontra-se dividida em dois grupos distintos: os elementos com número atómico de 57 a 63, que constituem o grupo do cério, ou das terras raras leves; e o grupo dos elementos de número atómico de 64 a 71, que é conhecido como o grupo do ítrio, ou das terras raras pesadas. Durante a formação das rochas, a Natureza distingue estes dois grupos. O neodímio surge normalmente associado aos elementos do grupo do cério.

O neodímio é bastante abundante na crusta terrestre, atingindo os 0,0024% ou 23,8 gramas por tonelada, sendo mais comum do que elementos metálicos como a platina, o mercúrio, o berílio, o chumbo ou o cobalto. Os metais das terras raras não ocorrem livres, mas sim como catiões em compostos complexos.

Este elemento encontra-se em quantidades significativas em quatro minerais: a monasite, a bastnasite, a alanite e a cerite, sendo as duas primeiras as principais fontes industriais do neodímio.

A monasite é um fosfato de tório e terras raras, com uma estrutura monoclínica que ocorre em granitos e em mármores. Após a erosão, a monasite deposita-se por sedimentação em leitos fluviais e areais. Os principais depósitos encontram-se na Índia, Brasil, Idaho, Florida, Carolina do Norte e do Sul, África do Sul e Austrália. No entanto, os minerais dos Estados Unidos não são suficientemente ricos para deles apenas extrair terras raras. A percentagem típica de neodímio na monasite varia entre os 9 e os 20%.

A bastnasite é um fluocarbonato de terras raras contendo 2 a 15% de neodímio. Em 1949 foi localizado um vasto depósito de bastnasite na Califórnia, conhecendo-se contudo outros depósitos de importância comercial no Novo México.

Ao minério que contém silicatos de terras raras, cálcio, ferro e alumínio chama-se alanite. Este minério ocorre comummente, encontrando-se amplamente distribuído pela parte ocidental dos Estados Unidos. Não existe um processamento de larga escala da alanite.

A cerite é um minério contendo silicatos de cálcio e ferro, com cerca de 50 a 70% de elementos do grupo do cério. Este minério encontra-se principalmente na Suécia, sendo no entanto escasso e tendo apenas um interesse histórico.