Térbio


História

O professor de Química e Mineralogia Carl Gustav Mossander mostrou, em 1843, que o óxido denominado ítria era composto de pelo menos três terras, a que chamou respectivamente: ítria, um óxido incolor; érbia, uma terra amarela; e térbia, uma terra de cor rósea. Separou estas terras por precipitação fraccionada com hidróxido de amónio.

Por sua vez, o professor de Química da Universidade de Genebra, Jean Charles Galissard de Marignac separou a térbia da ítria, mas trocou os nomes, chamando térbia à érbia de Mossander. Esta é a denominação que ainda hoje perdura.

A térbia recebeu o nome em honra da cidade sueca de Ytterby. A substância elementar quase pura foi preparada pela primeira vez por G. Urbain, em 1905. O metal pode obter-se por redução do trifluoreto de térbio anidro com cálcio metálico. O térbio é um dos lantanídeos mais raros para o qual não se conhecem aplicações de interesse especial.