Platina


Ocorrência

A platina ocorre principalmente no Canadá, na África do Sul e em alguns países da ex-URSS. Nos depósitos canadianos existe uma mistura de platina com minérios ricos em sulfureto de cobre-níquel associados a rochas vulcânicas. A platina e o paládio estão presentes nestes minérios em proporções iguais, juntamente com vestígios de prata de ouro. Os principais depósitos da África do Sul estão localizados em Merensky, a noroeste de Joanesburgo. Aqui a platina ocorre em proporções da ordem de 4 a 10 ppm, em rochas como piroxene, mas invariavelmente associada cromites e sulfuretos de ferro, cobre e níquel. Na Rússia existem vastos depósitos de platina em formações rochosas como o peridotite, na região de Noril’sk, na Sibéria. Também se encontram depósitos consideráveis de platina nativa na região dos Montes Urais. Embora em menores quantidades, extrai-se platina na Colômbia e no Alasca. Estima-se que a abundância da platina na crusta terrestre seja da ordem de 0,01 grama por tonelada (i.e., cerca do dobro da do ouro).