Astato


Durante os anos 20 e 30, diversos cientistas, afirmaram ter descoberto o elemento 85 em fontes naturais. Contudo, sabemos hoje, que todos os isótopos de astato são extremamente radioactivos, e que a quantidade de astato presente na Natureza é tão baixa que estas primeiras notícias eram seguramente falsas.

O elemento 85 foi pela primeira vez caracterizado em 1940 por Corson, Mackenzie e Segré, que sintetizaram o isótopo At 211, bombardeando bismuto por partículas alfa. Observaram que o seu comportamento químico era de alguma forma similar ao dos outros halogéneos, e baptizaram-no de "astato", do grego astatos, que significa instável.