Rádio


Fonte de neutrões
Tinta florescente

Aplicações

O rádio e os seus compostos foram usados industrialmente durante a primeira metade do século, na produção de tintas luminosas. Estas tintas são luminescentes devido à presença de compostos inorgânicos de fósforo, que são excitados pelas partículas alfa emitidas pelo rádio. As poucas centenas de gramas de rádio necessárias são extraídas da uraninite, um minério de urânio que contém vestígios deste elemento.

O rádio pode ainda ser utilizado como fonte de neutrões, com um largo espectro energético, para reacções nucleares. Também se utiliza o elemento em radioterapia, devido à intensa emissão de raios gama por parte das espécies para que decai.

O rádio é uma importante fonte de rádon, o gás raro mais pesado.