110


Este elemento foi descoberto em 1994, por S. Hofmann, V. Ninov, F. P. Hessberger, P. Armbruster, H. Folger, G. Münzenberg, H. J. Schött, entre outros, no GSI (Gesellschaft für Schwerionenforschung), em Darmstadt, Alemanha.

As experiências levadas a cabo por estes cientistas levaram à produção do primeiro átomo do elemento 110 no dia 9 de Novembro de 1994. O isótopo produzido, de número de massa 169, resultou de colisões entre isótopos de niquel e chumbo, efectuadas no acelerador de iões pesados UNILAC no GSI. Entre 1981 e 1984, os elementos 107 (bóhrio), 108 (hássio), 109 (meitnério) também foram produzidos e identificados neste instituto.

Actualmente, o elemento é apenas referido pela sua numenclatura IUPAC.