112


Este elemento foi descoberto em 1996, por S. Hofmann, V. Ninov, F. P. Hessberger, P. Armbruster, H. Folger, G. Münzenberg, entre outros, no GSI (Gesellschaft für Schwerionenforschung) em Darmstadt, Germany.

Foi produzido a 9 de Fevereiro de 1996 às 22:37, através de colisões entre átomos de zinco e chumbo, no acelerador de iões pesados UNILAC. Este foi o átomo mais pesado jamais feito pelo homem, sendo 277 mais pesado do que o hidrogénio.

Actualmente, o elemento é apenas referido pela sua numenclatura IUPAC.