PALEONTOLOGIA  HUMANA

A paleontologia humana estuda a evolução do homem a partir do registo fóssil. A simplicidade desta definição contrasta com a interdisciplinaridade de que se revestem os estudos nesta área. Por exemplo, a partir de um osso do crânio, de um presumível Homo erectus, e para que o seu estudo seja completo e gere proveito científico, a paleontologia humana recorre, à genética, à neurobiologia, à anatomia comparada, à paleobiologia, à química, à paleogeologia, etc. A criação das quatro sub-áreas Australopithecus, bipedismo, encefalização e género Homo, para além de nos parecer varrer aspectos importantes da paleontologia humana, prendeu-se também com os conteúdos programáticos das disciplinas de História e de Biologia respectivamente dos 7º e 12º anos de escolaridade. A sub-área geral remete-nos mais uma vez para informação de carácter global dentro da área.